0

Três séries com magia/bruxaria

30.10.16

안녕하세요! Já rolou post de creepypasta e de filmes no Halloween por aqui. Ano passado infelizmente não deu pra fazer nada, mas esse ano tem \Õ/ aeeew. Pra esse ano eu vi quais eram as melhores séries da minha grade, no momento atual, e selecionei três com o tema bruxaria/magia pra colocar aqui.



Eu tava pensando no que eu faria esse ano então tentei manter a mesma linha do post de 2014. Tô planejando isso aqui desde o comecinho do semestre, foi só voltar de viagem que as ideias começaram a surgir. Já combinei comigo mesma que todos os anos eu tentaria trazer alguma indicação pro blog, já que pessoalmente eu sou gamada em filmes de terror desde sempre.

Vou deixar aqui só um pouquinho de cada série porque futuramente eu pretendo fazer um post pra cada uma como já fiz com outras por aqui.

Penny Dreadful


Faz pouco tempo que eu terminei essa série e já tava dando a loka. Minha primeira reação foi de vir fazer um post focado nela, mas como já ia ter esse eu resolvi adiar um pouquinho. Nas férias tem, hein pessoal!

A série se passa no século 19, na Inglaterra e mostra a jornada do Sr. Malcolm em busca da filha, Mina, que foi raptada por um ser sobrenatural. Junto com Vanessa Ives - personagem principal e melhor amiga de Mina - e com outros personagens, ele sai pelas ruas de Londres procurando pela filha perdida e, com isso, combatendo esses seres sobrenaturais. Cada temporada tem um aspecto diferente, mas sempre relacionados à busca e ligados à Vanessa.

Penny Dreadful traz uma médium, bruxas, vampiros, um lobisomem e personagens já conhecidos na literatura do terror, além de ter aquele arzinho de mistério super gostoso que te deixa vidradx nos próximos capítulos. Não chega a dar aqueeeele medo, mas afirmo que algumas cenas me deixaram com um frio na espinha e tem um ar bem gótico. Ah, não posso aproveitar a oportunidade de avisar que se você assistiu o último filme dirigido pelo Tim Burton e gostou da Srta. Peregrine, então você vai gostar da série porque a Vanessa é interpretada pela mesma atriz.

Salem


Essa já se passa nos EUA, durante o século 17. Quando eu comecei a assistir, eu achava que já mostrava as bruxas bem assumidas e que a caça já estava no auge, mas ela mostra o início da caça às bruxas. A personagem principal aqui é a Mary Sibley, casada com o magistrado da cidade (ou seja, o poder de Salem está nas mãos do marido) e bruxa. A história começa a se desenrolar quando Mary e seu clã querem que seu deus reine sobre a Terra, começando por Salem. Tudo se complica quando Mary perde o controle do grande ritual que dará vida ao deus para que ele retorne do inferno. A história é muito, muito mais do que isso e tem a questão da caça também, então as bruxas praticam sua magia escondidas.

Salem não tem muitas cenas pesadas mas tem que ter estômago forte pra assistir alguns episódios porque não dá medo, mas dá um nojinho (tipo as cenas da Mary com o sapo), os feitiços seguem a linha das rimas mas as preparações são fortes, alguns até tem toda aquela coisa de cabeça de bode, matar animal pra usar o sangue e tal. A série não tem muitos outros seres além de humanos e demônios, mas é a mais forte dessas três.

The Magicians


Conta a história do Quentin que vai parar numa escola pra bruxos. Falando assim pode até lembrar Harry Potter, mas essa série é muuuuuuito diferente da obra da tia Rowling! A série foca nos bruxos adolescentes/pré-adultos (?) que se juntam ao Quentin. A história, basicamente, gira em torno de um livro que todos, exceto Quentin, acreditam ser apenas ficção. Só que esse grupo de "amigos" vai encontrando várias similaridades entre os fatos estranhos que têm experienciado e alguns trechos desse livro. Eles começam a investigar por conta própria e vão descobrindo várias coisas relacionadas ao livro e ao autor.

The Magicians não é uma série de terror, então é boa pra dar aquela descontraída depois de alguns episódios seguidos de Penny Dreadful e Salem sem perder a linha da magia. Os feitiços aqui já são bem bizarros, tem que ter toda uma técnica com as mãos para que deem certo. É a mais leve no quesito terror, mas pode assustar quem é "fraco" pra essas coisas. Como é mais voltada ao público jovem e se passa nos dias atuais, também acaba tendo um ar menos formal e um palavreado mais adaptado ao seu público.

Imagens: Penny Dreadful | Salem | The Magicians
Blogger
Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao topo
voltar ao topo