0

[BEDA 3] Eu assisto #4: Falling Skies

3.8.15

안녕하세요! Já faz um tempo que eu tava querendo falar sobre essa série aqui no blog, mas enrolei demais... Até que última temporada tá na metade e eu pensei que tava na hora!


Sinopse

Falling Skies se inicia no caótico resultado de um ataque alienígena que deixou a maior parte do mundo debilitada. Nos meses desde a invasão inicial, os poucos sobreviventes se uniram em grupos fora das grandes cidades para começar a difícil tarefa de lutar. Cada dia é um teste de sobrevivência, soldados cidadãos trabalham para proteger as pessoas sob seus cuidados ao mesmo tempo em que se engajam numa insurgência contra a força alienígena ocupante.

A série foca na capacidade de resistência dos sobreviventes e na determinação de manter sua humanidade quanto todo o resto foi destruído. É um conto de resistência, compromisso e coragem no qual pessoas comuns são chamadas para se tornarem herois. Elas podem ser superadas, em menor número e desarmadas, as nada pode bater o espírito de humanidade. Acima de tudo, a série é sobre os laços que unem as pessoas na pior das circunstâncias.

Personagens principais

Tom Mason (Noah Wyle)


Um teórico professor de Cambridge, Massachusetts, Tom Mason provavelmente numa imaginou que um dia usaria seu vasto conhecimento em táticas militares e usá-lo numa guerra atual, muito menos uma sendo travada contra uma força ocupante de outro mundo. Tom fará o que puder para proteger seus três filhos: Hal, Matt e o recentemente resgatado Ben. Apesar de ter apenas um conhecimento acadêmico de história militar, Tom é nomeado o segundo no comando da 2nd Massachusetts, um regimento improvisado ordenado para proteger algumas centenas de sobreviventes, com seu comandante militar, Weaver. Tom rapidamente prova ser um líder forte.

Anne Glass (Moon Bloodgood)


 Anne é uma pediatra que perdeu seu único filho no ataque inicial, uma tragédia que ela ainda tem de enfrentar. Ela utiliza seu trabalho como médica na 2nd Mass, fazendo o que pode para ajudar os sobreviventes a lidar fisicamente e emocionalmente em suas situações. Mas embaixo de seu firme exterior, Anne continua a ser assombrada pela morte do filho de formas que poucos compreendem. Desenvolve uma estreita amizade com Tom como resultado de suas tragédias compartilhadas.

Capitão Weaver (Will Patton)


Capitão Weaver é uma dura cascavel-em-soldado, com uma atitude não absurda e pouco de paciência para cuidar de civis. Como comandante da 2nd Mess, Weaver põe suas habilidade e experiências militares em bom uso. Mas nessa guerra, ele está encarando problemas que nenhum treinamento poderia jamais prepará-lo. Como muito dos sobreviventes, Waver encarou perdas pessoais, mas ele mantém essa história enterrada numa persistente determinação para matar o inimigo sempre que puder.

Hal Mason (Drew Roy)


O filho mais velho de Tom, Hal, tem feito seu pai orgulhoso por, rapidamente, ser tornar adulto durante os meses desde a invasão. Antes do mundo ser destruído, Hal foi uma criança atlética e popular destinada para o sucesso. Agora ele luta ao lado do pai como membro da 2nd Mass. Embora Hal seja impulsivo por fogo, ele prova a si mesmo ser corajoso e confiante em campo. Tendo ido alto para resgatar o irmão Ben dos Skitters, Hal agora aprecia o quanto sua família realmente significa e corre para ajudar a quem puder. Ele se entristece pela perda da namorada Karen, mas em um mundo ocupado por aliens hostis, amor tem que ficar depois da sobrevivência.

John Pope (Colin Cunningham)


O líder de um bando de saqueadores se apresenta à 2nd Mass tomando um grupo de reféns e oferecendo a liberdade deles em troca de armas. Por razões conhecidas apenas por ele, esse esperto, engenhoso e carismático ex-presidiário tem grande prazer em matar Skitters, até caçando-os como num jogo selvagem. Oportunista descarado, Pope considera a invasão a melhor coisa que já lhe aconteceu. Apesar de todos os motivos questionáveis, Pope permanece como um poderoso membro da 2nd Mass.

Ben Mason (Connor Jessup)


Os espinhos nas costas de Ben não são seu único diferencial após ser resgatado dos Skitters - os sentidos de Ben têm se tornado afiados desde que colocaram os arreios, e sua força cresceu muito, tudo isso o fez um soldado excepcional. Os irmãos de Ben ainda estão se acostumando com o fato de ele não ser mais o devorador de livros que costumava ser, mas eles estão felizes em tê-lo de volta.

Matt Mason (Maxim Knight)


O filho mais novo de Tom, com 8 anos, foi forçado pelas circunstâncias a encarar o tipo de perda e perturbação que nenhuma criança deveria confrontar. Matt deseja desesperadamente por tudo de volta ao normal. Ele luta para entender porque não pode ter tudo o que os irmãos tiveram na sua idade, como uma festa de aniversário ou um novo skate. Apesar de ser muito jovem para se juntar à luta com seu pai e irmãos, Matt quer ajudar, mesmo que seja contra os desejos de seu pai.

Maggie (Sarah Sanguin Carter)


Maggie chega à 2nd Mass após passar tempos difíceis com a gangue desajeitada de Pope. Mas é apenas a cicatriz emocional mais recente de uma mulher que suportou e superou tudo de ruim que a vida pôde lhe dar. Maggie é forte, dura e sem medo. Ela permanece fria sob pressão e tem um tiro impecável com um arma; mas ela também é uma boa amiga que oferece a mão para ajudar a quem quer que precise.

Anthony (Mpho Koaho)


É um dos grandes combatentes na 2nd Mass. Ele antes serviu como oficial de polícia em Boston. Anthony é um campeão em tiro de rifle e está sempre ansioso para se voluntariar até nas missões mais perigosas. Ele também é bom o suficiente para saber quando é hora de se acalmar e esperar o inimigo cometer um erro.

Lourdes (Seychelle Gabriel)


Lourdes é uma jovem estudante universitária de medicina cuja educação foi interrompida cedo pela invasão alien; ela agora ajuda Anne como médica para a 2nd Mass.

Alienígenas

Os alienígenas da série são poderosos, misteriosos e crueis. Eles são muito inteligentes e usam táticas militares, o que faz deles uma força esmagadora contra a 2nd Mass. Existem três tipos de aliens que os humanos sobreviventes chamam de Skitters, Mechs e Soberanos.

Os Skitters são, simultaneamente, matadores perversos e uma família nutrida pela captura de crianças.


Os terríveis robôs Mechs são controlados pelos Skitters e emitem a maior ameaça no solo, já que seus armamentos e armaduras avançados podem derrotar vários combatentes sem muitos esforços.


Os Soberanos (ou Espheni) ainda são um grande mistério, mas parecem ser os verdadeiros comandantes dessa invasão.

O que eu acho

Eu lembro que na época do lançamento da série, eu estava bem ansiosa porque o produtor-executivo é Steven Spielberg. Além de ficar interessada na premissa da série, que parecia ótima. Mas minha empolgação só durou alguns dias... Escola e ETEC me desanimaram bastante e eu só consegui acompanhar metade da primeira temporada. E olha que, até agora, cada temporada tem 10 episódios...

Eu gosto bastante de dizer que é uma "The Walking Dead 2, só que com aliens ao invés de zumbis", aí o povo me entende. Mas a série é muito mais que isso, pois em FS estamos falando de algo mais planetário. Além de que em TWD retrata bastante a sobrevivência, e FS foca mais na guerra humanos x aliens. A invasão alien deixou a Terra devastada, assim como outros planetas já invadidos. Os personagens perderam amigos e familiares, e por isso tiveram que se unir e trabalhar juntos pela sobrevivência e para tomarem a Terra de volta.

A série é bem interessante, principalmente pra quem curte uma ficção, mundo pós-apolíptico e tal... Analisando por partes, de 5.0, eu diria que até a 2ª temporada, eu dou 4.0 numa boa. A 3ª temporada merece uns 3.0. E a quarta, meus amigos, nem vale a pena comentar. Viajaram tanto tanto nessa temporada que não foi só eu muita gente quis desistir ali mesmo.

Eu daria 3.5 porque a 4ª temporada foi ruim pra caramba! O que tava animando, no ano passado, era saber o desfecho da história. Mas, como essa 5ª temporada tem sido razoavelmente boa (não ao nível das duas primeiras, claro) e tiraram a pior personagem que a série já teve, então eu posso aumentar minha nota pra 4.0. Mesmo tendo um ano difícil, eu ainda recomendo a série. Não super recomendo como outras, mas recomendo, sim.

Se tem uma coisa que eu realmente gosto nessa série, é como os aliens são retratados. Os Skitters são os que mais se aproximam da nossa imaginação: baixa estatura, cheio de membros (no caso, eles têm 4 pernas) e com a cabeça naquele formato estranho. Os Espheni são mais parecidos com os retratados em filmes: alta estatura e num formato que lembra bem os humanos. Já os Mech, acho válido ressaltar que são robôs. Sim, robôs!

Ou seja, os produtores (ou diretores, não sei bem) deram um toque do pouco de cada imagem pra formar o exército alien, e isso é maravilhoso! Pra mim, deu a impressão de que os aliens podem ter qualquer forma, porque a gente nunca viu nenhum por aí... Ah, também tem a raça Volm. Mas eles só aparecem depois e, até agora, têm se mostrado dispostos à ajudar os humanos na batalha.

Acho que é só isso, acompanho a série desde sua estreia aqui no Brasil. Já são CINCO anos e eu acabo esquecendo detalhes até cruciais pra história! Eu até queria comentar um pouco mais, mas o que eu tenho são spoilers e eu vou mantê-los comigo (qual é, eu já falei que a 4ª temporada é terrível!) aí fica difícil! Já tou ficando emotiva com a Series Finale chegando e a cada semana eu fico mais ansiosa pra saber o que aguarda no final.

Blogger
Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao topo
voltar ao topo