0

Subindo pelas paredes [Alice Clayton]

15.3.15

안녕하세요! Tou suuuuuuuuuper atrasada com essa resenha... O que a faculdade, um cachorro e uns dias sem internet não fazem, né?! Depois de séculos sem conseguir escrever um único post completo, eu voltei! Vim com mais uma "resenha" (a prática leva à perfeição u.u) do segundo livro do I Dare You 2015. Fiz bem na pressa porque eu realmente fiquei sem tempo e ODEIO fazer as coisas com atraso.

Antes de começar, é melhor avisar que eu baixei uma versão traduzida do livro, mas estava tão ruim de entender que eu tive que ler online e em inglês mesmo. Eu não sei se tava completo, porque na versão traduzida tinha algumas coisas a mais. Daí o que eu fiz? Li online e depois li os trechos a mais da traduzida, ué! Mas vamos logo ao que interessa...

Wallbanger - Alice Clayton
Título original: Wallbanger
Série:
The Cocktail Series
Autora:
Alice Clayton
Editora:
Omnific Publishing
Ano de lançamento:
2012
Gênero:
Romance adulto


A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias – e noites – agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina pode ser o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.
Imagem: Alice Clayton | Sinopse: Editora Benvirá


Enquanto procurava por algo sobre o livro acabei descobrindo que a história é uma fanfic de Crepúsculo '-' O melhor é que a história não tem nada a ver com a da Stephenie Meyer. Fiquei tão pasma que fiz uma nova busca e, pelo o que eu encontrei, é verídico!

À primeira vista, a Caroline (personagem principal) é meio sem graça. Na verdade ela chega a ser insossa e eu já não aguentava mais ela lamentar a perda de seu O*, mas ela é bem divertida e até conseguiu me cativar em alguns momentos. Já o personagem do Simon consegue se destacar tanto quanto qualquer outro. Mas o legal é que os personagens secundários não ficam pra trás, se destacam bem e não são ofuscados pelos principais.

O livro tem uns toques meio "Fifty Shades", mas não tem muitas partes eróticas e é mais apropriado (pelo menos na versão inglês), e pela capa eu achava que teria muito mais erotismo nas cenas. A história chega até a ser meia-boca, mas quem curte um romance com alguns clichês pode até gostar. Também tem umas cenas divertidas, mais até do que eu pensava. Não chega a ser aquele engraçado de hilário, mas dá pra dar umas risadinhas kekekeke.

Dou 4,0 não por ser um livro ruim, mas por ter achado a história um pouquinho parada. Pelo nome do livro, eu esperava mais ação (se é que dá pra me entender). Não que eu tenha me decepcionado u.u Eu queria ter lido mais sobre os personagens, mas o que eu li foi o suficiente pra despertar minha curiosidade e me fazer querer saber o que tem nos outros livros da série. Quem sabe, numa próxima, né!
*O: O modo como a Caroline chama seu orgasmo
Blogger
Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voltar ao topo
voltar ao topo